Marcas do Grupo


LISBOA, PORTUGAL 12-13-14 FEVEREIRO 2018 
Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas. 23.ª Edição
TESTEMUNHOS


Testemunhos de compradores internacionais


Moyses David
BAID'NHER
BRASIL
O que está a achar da edição do SISAB PORTUGAL deste ano?
Há muitos anos que venho ao SISAB PORTUGAL mas tenho de dizer que esta edição de 2013 ultrapassa as expetativas a todos os níveis. O espaço do SISAB PORTUGAL ampliou bastante, temos muito mais opções de escolha em termos de produtos e a qualidade da organização está a um nível altíssimo.
O que acha dos produtos portugueses?
Na nossa empresa já trabalhamos há muito tempo com produtos portugueses mas todos os anos nos surpreendemos com a sua qualidade. Este ano, o SISAB PORTUGAL voltou a mostrar-nos excelentes vinhos, queijos e enchidos.



Let Chen e Guangsheng Zhou
TenWow Group
CHINA
O que estão a achar do SISAB PORTUGAL?
É a nossa primeira vez no SISAB PORTUGAL e podemos dizer, pelo que constatamos, que está muito bem organizado de uma forma geral.
Que produtos procuram?
Viemos sobretudo à procura de vinhos, que é um produto português que já tínhamos tido algum contato. No entanto, o SISAB PORTUGAL foi fundamental para perceber a qualidade, riqueza e variedade dos vinhos que se produzem em Portugal, as diferentes regiões, as castas. Nós importamos muito vinho mas com esta presença, vamos passar a olhar de forma diferente para os vinhos portugueses".



Mohamed Ouasti
CORFIT
MARROCOS
A sua presença no SISAB PORTUGAL está a correr bem?
Esta é a primeira vez que estou no SISAB PORTUGAL e fiquei muito agradado com a organização! É, de facto, um evento muito bem organizado e com bastante variedade de produtos. Vim à procura de produtos de pastelaria e chocolate e pelo que já vi aqui no SISAB PORTUGAL levo para Marrocos excelentes referências e magníficas perspetivas de negócios.



Mahfouda Ohida
al kotla
LÍBIA
O que está a achar da edição deste ano do SISAB PORTUGAL?
Estive pela primeira vez no SISAB PORTUGAL em 2008 e tenho de salientar o enorme salto que este evento deu dessa altura para cá com uma organização bastante boa. Pelo que constatei este ano, a chegada da maioridade conferiu um caráter único ao SISAB PORTUGAL.
Que produtos procura?
Vim sobretudo à procura de vinhos mas acabei por ficar rendido aos enchidos e queijos, que são de grande qualidade.



Macdonald Vasnani
CONSOLIDATED SHIPPING
Pauline Diogo-Django
OCEAN FARE
GANA
Como está a correr a vossa participação no SISAB PORTUGAL?
Esta é a nossa estreia no SISAB PORTUGAL e estamos também a aproveitar para conhecer o vosso país. Estamos no ramo da importação de peixes e mariscos e podemos dizer que estamos muito satisfeitos com a oferta que encontrámos.
Algum produto que vos tenha surpreendido?
Além dos produtos que distribuímos no Gana, ficámos surpreendidos com o vosso frango assado, com o leitão mas sobretudo com o bacalhau.



Fumihiko Kimura e Dunsaku Nistina
WINE BOUTIQUE LA TACHE JAPON
JAPÃO
Como está a correr a vossa presença no SISAB PORTUGAL?
Estamos muito satisfeitos com a nossa decisão de vir negociar ao SISAB PORTUGAL. Viemos à procura de peixe e já tínhamos algumas referências mas nada nos preparou para a qualidade e variedade que encontrámos. E digo isto não só ao nível do que procurávamos mas também no que diz respeito a carne, queijo e vinho. Saímos daqui muito agradados e com uma opinião muito positiva do SISAB PORTUGAL.



Testemunhos de expositores portugueses



MARTA SANTOS / PEDRO MAIA
LIPORFIR
A presença no SISAB PORTUGAL significa uma aposta na exportação?
A Liporfir é uma empresa familiar que trabalha com bacalhau salgado seco e estamos sediados em Aveiro. Estamos a apostar na exportação do nosso produto que atualmente vale cerca de 5 por cento do nosso volume de vendas.
Como está a correr?
É a primeira vez neste certame e tem sido uma experiência muito positiva porque temos feito muitos contatos e sentimos que os compradores estão satisfeitos com o nosso bacalhau. Temos desenvolvido mais contatos com os compradores do Brasil e tivemos bons contatos com o mercado da saudade. De resto, tivemos contatos com importadores de Macau, Japão, Áustria, Canadá, países que querem apostar na importação do bacalhau de enorme qualidade da Liporfir.



SUSANA TORRES
SOLAR DO LOUREDO
Que mercados procuram neste SISAB PORTUGAL?
Já estamos em alguns mercados como França e Alemanha mas gostaríamos de chegar a mercados do norte da Europa e Brasil. Já desenvolvemos alguns contatos com compradores brasileiros e norte-americanos e são mercados que vamos começar a trabalhar com grande afinco. Apesar da empresa Solar do Louredo ser relativamente recente (com apenas dois anos) produzimos o melhor vinho verde do país, e já ganhámos medalhas em Bruxelas e Viena de Áustria.
Como está a correr a vossa presença neste certame?
Ficámos muito surpreendidos logo no início do SISAB PORTUGAL. Só na primeira manhã, fizemos contatos com cerca de 30 importadores e tivemos alturas em que atendemos dois compradores ao mesmo tempo. Isto para nós foi excelente porque, apesar de virmos com boas expetativas, este ritmo ultrapassou em muito o que estávamos à espera. Correu muito melhor do que estávamos à espera. Já confirmámos a presença para o próximo ano, com um stand maior.



FILIPE RAMOS
RANGEL
Qual o balanço da presença da Rangel no SISAB PORTUGAL?
A Rangel fez em 2013 a sua estreia no SISAB PORTUGAL e posso dizer que gostamos muito do conceito deste Salão. Fizemos bastantes contatos e muito positivos. Nós somos uma empresa transitária, um elo de ligação para as empresas do setor alimentar e bebidas e portanto, esse contato com os expositores tem sido muito positivo e proveitoso. Temos também a vantagem de ter alguns clientes em África e esses trazem-nos outros contatos de fornecedores. Este foi o primeiro ano no SISAB PORTUGAL porque a área alimentar é relativamente recente para a Rangel. Tendo em conta essa aposta, considerámos que seria importante marcar presença aqui. Tudo indica que a aposta no SISAB PORTUGAL será para manter.


NUNO TAVARES
CERES
Já estão na exportação? Em que mercados?
O Grupo Ceres é uma empresa que irá cumprir o centésimo aniversário em 2015 e pelo facto de ter nascido no norte de Portugal, já temos alguma implementação no mercado espanhol (Galiza). Através da marca Pérola chegamos também aos PALOP, com grande destaque para Angola mas também Cabo Verde, Guiné e São Tomé e Príncipe. Desta forma, Espanha e Angola são os clientes mais fortes da nossa empresa e que têm maior peso no nosso volume de negócios.
Este ano apostaram numa presença forte neste SISAB PORTUGAL. Porquê?
De facto, esta é a nossa primeira presença no SISAB PORTUGAL. Este ano sentimos necessidade de estar em nome próprio porque temos vindo a crescer nos últimos anos a dois dígitos e acreditamos que é positivo continuar a apostar nos mercados de exportação. A nossa participação no SISAB PORTUGAL tem sido muito positiva, já fizemos muitos contatos não só com os PALOP e Espanha mas também nos mercados da saudade como Bélgica, Luxemburgo. Os compradores do Egipto também foram uma boa surpresa nesta feira, já que este país é o maior importador mundial de farinhas e pode ser uma boa oportunidade de negócio. Vamos de certeza voltar a estar no SISAB PORTUGAL nos próximos anos, é uma aposta para continuar.



JOÃO SANTOS
REI DOS FRANGOS
Como está a correr o SISAB PORTUGAL?
É a primeira vez que estamos no SISAB PORTUGAL. Somos uma empresa de Leiria, com restaurantes e churrasqueiras, e exportamos produtos como o frango assado, o bacalhau com natas ou o arroz de pato para o Reino Unido, Alemanha, França, Suíça. Qual o peso das exportações na vossa empresa?
As nossas exportações são ainda em pequenas quantidades, mas o evento está a correr muito bem, os empresários apreciam o nosso frango assado congelado, uma inovação mundial, e agora vamos fazer o follow-up dos contatos que realizámos. Foi esse o objetivo para este SISAB PORTUGAL.



DUARTE MATOS
FÁBRICA DE TORTAS AZEITONENSE
Estão presentes no SISAB PORTUGAL porque a exportação é uma aposta?
Estamos com novas instalações, com uma fábrica nova e estamos com muita capacidade de produção. Exportamos ainda em pequena escala. Estamos na Alemanha, em Inglaterra e no Luxemburgo mas queremos ir mais longe.
Que mercados procuram?
Estamos à procura de novos mercados. Os nossos produtos estão a ser bem aceites e isso é importante. Já fizemos bastantes contatos aqui no SISAB PORTUGAL. Temos alguns telefonemas, no facebook, a perguntar como podem ter acesso aos nossos produtos. A Torta de Azeitão é talvez o mais procurado. O nosso mercado interno quebrou muito. Temos mesmo que procurar outros mercados...


O SISAB PORTUGAL tem o Alto Patrocínio do
Presidente da República Portuguesa